Arquivo mensal: outubro 2012

Ed Wood: Glen ou Glenda? (EUA, 1953)

Neste sábado, 20 de outubro, o Cineclube Dissenso exibe o filme Glen ou Glenda?, do diretor Ed Wood, um dos mais notórios representantes do cinema americano feito às margens da indústria. Numa época em que os filmes de grandes estúdios eram regulados pelo Código Hays, conjunto rígido de normas de caráter moral que determinava o que podia e o que não podia ser mostrado nas telas, este cinema de exploitation dos anos 1940 e 1950 driblava sua falta de recursos a partir da abordagem sensacionalista de temas polêmicos.

É o caso de Glen ou Glenda?, que acompanha o dilema de seu protagonista em revelar à futura esposa seu hábito secreto de travestir-se, temendo perdê-la. Se, por um lado, a abordagem sensacionalista do tema é patente, paradoxalmente, é perceptível também um tratamento delicado dos dramas do protagonista, muito provavelmente devido ao fato do diretor ser, ele próprio, adepto do travestismo.

Paradoxal é também o estilo de Wood. Há um claro desejo de comunicar-se com o público, característico aliás de boa parte do cinema de exploitation que, antes de tudo, almejava o mainstream. Ao mesmo tempo, a notória inabilidade do diretor em lidar com as regras da linguagem cinematográfica clássica – ele foi eleito o pior diretor de todos os tempos, numa estratégia mercadológica de valorização de certo cinema trash – leva seus filmes a flertarem com o distanciamento e as operações de subversão de um cinema mais experimental. É o que percebemos no trânsito livre e desconcertante deste filme entre o drama, o documentário e o horror, bem como em sua mistura de imagens documentais de arquivo e material encenado em diversos níveis e condições.

Para iniciar a sessão, exibiremos dois curtas da mesma época, representantes de outros subgêneros de exploitation. O primeiro, Ganymede and the Spaceman, é um típico exemplar de physique film, que se utilizou da moda fisiculturista para explorar o corpo masculino de forma lícita, neste caso em um inusitado cenário de ficção científica. Já Boys Beware é um documentário educacional dirigido aos jovens, que alerta para a segunda maior ameaça da época, atrás apenas dos comunistas: os homossexuais.

Serviço
Cineclube Dissenso
Ganymede and the Spaceman, de Bob Mizer (EUA, 1956)
Boys Beware, de Sid Davis (EUA, 1961)
Glen ou Glenda?, de Ed Wood (EUA, 1953)
Sábado, 20 de outubro de 2012, às 14h
Cinema da Fundação
Fundação Joaquim Nabuco
Rua Henrique Dias, Derby, 609
Entrada Gratuita

Anúncios